Pular para o conteúdo principal

Dúvidas sobre coronavírus em relação a PAP para AOS

07/04/2020 - 02:04 hs - Terapia Respiratória
covid-19-perguntas

Dúvidas sobre coronavírus (COVID-19) em relação a PAP (Pressão Positiva nas Vias Aéreas) para a Apneia Obstrutiva do Sono (AOS)

De acordo com o Comitê de Segurança Pública da Academia Americana de Medicina do Sono (AASM) seguem sugestões do Centro de Controle de Doenças dos EUA (CDC) sobre como lidar com a PAP nessa pandemia. 

Cada caso é específico e merece uma solução individual. Em especial nesse período do Covid-19, estamos mais disponíveis pelos meios de comunicação online para melhor atendê-los.

Confira as perguntas mais frequentes sobre o COVID-19 de um fabricante mundial de equipamentos para terapia respiratória na Apneia do Sono.

1. Existe risco maior de contrair coronavírus no caso de ser portador de apneia do sono?

  • Ainda não é claro se o paciente portador de apneia do sono têm um risco maior em relação a contaminação ao COVID-19. A população com risco maior são os mesmos noticiados pela mídia, ou seja idosos ou com doenças crônicas, como Doenças cardíacas, Diabetes, Doenças pulmonares, Doenças renais, que fazem uso de medicamentos que enfraquecem o sistema imunológico e ainda quem teve contato próximo com outra pessoa contaminada por coronavírus.

2. E no caso de o paciente apresentar sintomas do COVID-19, deve continuar usando a terapia PAP?

  • Em caso de COVID - 19  positivo, importante conversar imediatamente com seu médico antes de interromper qualquer tratamento. É provável que o uso da PAP aumente o risco de espalhar o vírus para outras pessoas ao redor do paciente. Converse e informe sobre este risco com seu médico.

3. No caso do paciente ser positivo ao COVID-19, o paciente deve seguir as recomendações:

  • Ficar em casa, exceto para obter assistência médica;
  • Separar-se das outras pessoas da casa;
  • Ficar em um cômodo isolado.
  • Usar um banheiro separado, se houver um disponível;
  • Ligar para avisar o consultor de terapia respiratória;
  • Usar uma máscara cirúrgica quando estiver perto de outras pessoas;
  • Ao tossir ou espirrar cobrir seu rosto com lenço de papel e o dispensar no lixo;
  • Lavar as mãos frequentemente com água e sabão;
  • Não compartilhar pratos, copos ou utensílios pessoais com outras pessoas;
  • Limpar e desinfetar as superfícies frequentemente tocadas no cômodo de isolamento, diariamente;
  • Procurar assistência médica se a doença piorar.

4. Nos casos de COVID-19 positivo, o PAP será útil para a respiração do paciente? Ou a PAP poderá piorar o COVID-19?

  • Em pacientes portadores de COVID-19 não foi esclarecido se a PAP pode piorar o quadro. Mas, o uso da PAP pode aumentar o risco de disseminação do vírus para outras pessoas ao seu redor. Alinhe com o seu médico sobre as demais opções de tratamento para apneia do sono. Lembrando que seu PAP não é um ventilador pulmonar para suporte respiratório.

5. No caso de o paciente ser positivo ao COVID-19, como higienizar e desinfetar a máscara e tubo da PAP?

  • Recomenda-se limpar e desinfetar o equipamento de acordo com as instruções do fabricante. As instruções para máscaras e tubo de ar da PAP normalmente incluem limpeza regular com água e sabão, ou  uso de detergente. casos de desinfecção é necessário seguir rigorosamente o manual do fabricante. Até o momento não está claro se é necessária uma limpeza diferenciada do CPAP específico devido ao COVID-19.
  1. Recomenda-se limpar e desinfetar as superfícies frequentemente tocadas na casa. Isso inclui maçanetas, interruptores de luz e puxadores.
  2. Recomenda-se também higienizar o equipamento de CPAP conforme orientações do fabricante. Normalmente um pano com álcool 70° para mais esclarecimentos, consulte o seu consultor de terapia respiratória.

Fonte: Academia Americana de Medicina do Sono