Pular para o conteúdo principal

Nutrição Enteral: e na prática, como fazer?

02/09/2021 - 10:42 hs - Nutrição

A prescrição da nutrição enteral e sua respectiva dieta pode gerar muitas dúvidas sobre como desenvolver essa terapia nutricional na prática, por isso, solucionar dúvidas sobre essa administração é muito importante para uma melhor eficácia.

O primeiro passo para iniciar a terapia nutricional domiciliar é definir quem será o responsável pela administração da dieta, que dará atenção às necessidades e atividades do cotidiano da alimentação, que incluem a higienização adequada e locomoção do paciente. Caso o paciente opte pelo serviço de home care, em geral, o enfermeiro ou o técnico de enfermagem, serão os profissionais responsáveis por essas atividades. As atividades relacionadas à terapia nutricional mais comuns são: 

  1. Escolher, comprar, higienizar, preparar e armazenar corretamente todos os produtos e utensílios relacionados à nutrição enteral;
  2. Administrar a dieta enteral pela via de alimentação escolhida, nos horários e quantidades pré-estabelecidos;
  3. Posicionar adequadamente o paciente, sentado com inclinação de 45 graus, para administração da dieta enteral;
  4. Identificar possíveis complicações decorrentes da nutrição enteral e assim prevenir, comunicando sempre os profissionais de saúde que estão acompanhando o paciente.

O segundo passo para a administração da nutrição enteral, refere-se às escolhas corretas e a separação dos materiais, como:

  1. Água filtrada e/ou fervida em temperatura ambiente, que será utilizada para realizar a lavagem da sonda e hidratação do paciente;
  2. Seringas para realizar a oferta de água ou da dieta ao paciente;
  3. Frasco plástico de 300 ou 500 ml para envasar a dieta em pó já diluída ou semi pronta;
  4. Equipo para acoplar aos frascos e realizar a administração pelo método intermitente;
  5. Bomba de infusão para realizar a administração intermitente ou contínua das dietas de forma mais segura e controlada.

O terceiro passo está na preparação e manuseio dos materiais que serão utilizados na administração da dieta enteral, que incluem basicamente:

  1. Escolher uma área ou espaço que será destinada a manipulação dos materiais da nutrição e dieta enteral, como pia, mesa ou bancada;
  2. Fazer a higienização da área escolhida com álcool 70% e manter a frequência de higienização antes e depois da administração;
  3. Fazer a higienização das mãos com água e sabão neutro antes de iniciar o preparo e secá-las com pano limpo ou papel toalha;
  4. Separar os materiais e insumos que serão utilizados. Eles devem estar em ótimo estado de conservação e dentro do prazo de validade.
  5. Higienizar as embalagens dos materiais e insumos com álcool 70%.

O quarto passo está na preparação do paciente, que em todos os horários da administração da dieta de nutrição enteral, precisa estar em posição adequada, evitando qualquer tipo de risco. Por isso, em casos de pacientes acamados, a aplicação da dieta enteral deve ser feita com a cabeceira da cama de 30º a 45º graus. Já em casos de pacientes não acamados, pode-se dar a dieta com ele sentado durante todo o período da infusão. 

Em todos os casos, é importante manter o paciente em posição elevada de 20 a 30 minutos após a infusão da dieta enteral.

Preparação da nutrição enteral relacionada a dieta enteral

Passo a passo de como preparar nutrição enteral, em relação a dieta enteral:

  1. Se necessário, realize a diluição da dieta conforme indicação do fabricante ou orientação do médico e nutricionista responsável;
  2. Transfira a quantidade da dieta para um frasco. A quantidade deve ser a prescrita pelo nutricionista;
  3. Em outro frasco, separe a água que deverá ser oferecida ao paciente;
  4. Leve o frasco da dieta e o da água até o local que o paciente receberá a infusão;
  5. Realize a lavagem da sonda, acoplando uma seringa com 20 ml de água filtrada à sonda do paciente e injete o líquido com certa pressão;
  6. Separe um suporte (de soro ou gancho na parede) onde será colocado o frasco da dieta a 80 cm acima do ombro do paciente;

Nutrição Enteral por Bombas de Infusão

Para administrar a dieta por Bombas de Infusão de forma correta, siga os seguintes passos: 

  1. Conecte a Bomba de Infusão à rede elétrica para evitar danos à bateria interna;
  2. Posicione a bolsa ou frasco da dieta acima do paciente e da bomba em uma distância de 45 cm;
  3. Encaixe o equipo na bomba e ligue;
  4. Limpe os parâmetros da memória e configure o preenchimento automático do equipo;
  5. Realize o ajuste de alimentação, como a velocidade de infusão. É importante ter atenção ao volume máximo;
  6. Programe o volume, em ml, da dieta que será administrada;
  7. Se estiver utilizando equipo de via dupla, programe a hidratação, pressionando a tecla “Ajustar Lavagem”, sempre com atenção ao volume máximo;
  8. Conecte o equipo ao acesso do paciente;
  9. Após a programação ajustada, pressione “executar”.

Caso haja necessidade de reprogramar a bomba, pressione “PAUSA’ e “AJUSTAR PARÂMETROS”. 

Por que escolher a Bomba de Infusão?

A bomba de infusão é o meio mais indicado para nutrição enteral, mas existem uma variedade de modelos de bombas, portanto é de suma importância saber indicar a bomba que possua mais itens de segurança, para que assim o bem estar do paciente esteja em primeiro lugar de fato. A bomba para nutrição enteral Kangaroo Epump por exemplo tem como grande diferencial a tecnologia exclusiva para administração de dieta e hidratação de forma automática, facilitando a vida do paciente e de quem convive com a dieta enteral! Em geral as bombas de nutrição enteral tem como principais benefícios e diferenciais os seguintes itens:

  • Facilita a administração de doses mais precisas de dieta de nutrição enteral, bem como a hidratação do paciente;
  • A alimentação gástrica contínua reduzindo a chance de anormalidades metabólicas que a gástrica intermitente (em bolus)
  • A nutrição enteral contínua (com bomba) também contribui para índices de glicemia significativamente mais balanceadas e normoglicêmicos;
  • Oferece menos risco de aspiração de água e alimentos, que pode causar pneumonia
  • Proporciona mais conforto, segurança e bem-estar para paciente e cuidadores

O Vitalaire oferece a melhor solução em bomba de infusão para nutrição enteral, bem como equipos e acessórios necessários. No VitalAire você encontra tudo para nutrição enteral. Conheça mais aqui. 

Fonte: https://www.vitalaire.com.br/sites/vitalaire_br/files/2021/02/04/cartilh...
https://cloud.comunicacao-alb.com.br/cartilha

Tags: Nutrição